Memórias do AHR: Revista da Semana
14 de abril de 2014

A Revista da Semana e a Seção do Jornal das Famílias

     As revistas ilustradas fazem parte da história da imprensa brasileira, e como tal, constituem-se numa importante fonte histórica. Entre os periódicos destaca-se a Revista da Semana que foi o primeiro grande projeto em moldes empresariais no Brasil, elaborada por Álvaro Teffé, mais conhecido como Barão de Tefé. A revista circulou no Rio de Janeiro a partir de 1900 e permaneceu até 1959. Construída com caráter de revista de variedades que continuou até 1914, ela assume a partir de 1915 uma identidade feminina. Boa parte do acervo dessa revista, pode ser encontrado no  Arquivo Histórico Regional da Universidade de Passo Fundo, compreendendo os anos de 1914 a 1917 com exemplares completos.

     O destaque da Revista da Semana está em ter introduzido novidades tecnológicas, “descobrir” e vulgarizar as técnicas de fotorreportagem, modificar o visual -  colocando em evidência a imagem -  e reunir um qualificado corpo de colaboradores. Outra propriedade do periódico foi o seu pioneirismo no que diz respeito à utilização da fotografia para ilustrar suas reportagens.

     No fim do século XIX e início do século XX, uma marca da imprensa era o elitismo cultural que atingiu a Revista da Semana. Essa fusão entre elitismo cultural e um consumidor, na sua maioria, (embora não exclusivamente) feminino, fazia com que a moda fosse um dos temas mais divulgados dentro da Revista da Semana.  A moda demonstrou ser um assunto que não só dava ênfase em um modelo de modernidade adquirido pelo país (comum das revistas daquela época), como também ia de encontro a este consumidor idealizado pela revista.

     A Revista da Semana constitui-se de muitas seções, entre elas o Jornal das Famílias, dedicada ao público feminino, iniciando sua circulação no dia 04 de setembro de 1915 com assuntos de moda, conselhos sobre valores e comportamentos, dicas de higiene e saúde e assuntos sobre a vida doméstica para as senhoras e moças da época, abrangendo em torno de um terço da revista.

     A seção do Jornal das Famílias constitui-se de uma rica fonte histórica para estudar os valores e comportamentos definidos para as mulheres da época.


Sediana Rizzo Czrnorski
Mestranda PPGH – UPF
Fonte: Acervo AHR
* O AHR destaca que os artigos publicados nessa seção
expressam única e exclusivamente a opinião de seus autores.



Para ler outros textos de MEMÓRIAS DO AHR... clique aqui.



< Anterior   Próximo >