Memórias do AHR: Hospital São Vicente
10 de fevereiro de 2011

Hospital São Vicente de Paulo:
90 anos de história na comunidade passo-fundense

       No dia 24 de julho de 1918 o padre Rafael Iop, representantes da comunidade de Passo Fundo e parte do grupo religioso dos Vicentinos reuniram-se para dar início à instituição Hospital São Vicente de Paulo.

       Sua idealização aconteceu num período conturbado da história do século XIX, por ocasião do surgimento da epidemia denominada de Gripe Espanhola que dizimou muitas pessoas em todo o mundo, inclusive em Passo Fundo e região. Por conta desse problema de saúde pública, se fazia necessário mais uma instituição hospitalar no município, pois o Hospital da Cidade, única instituição em funcionamento até então, já não comportava mais a demanda de pacientes.

       A inauguração oficial dessa nova casa de saúde ocorreu somente em 29 de dezembro de 1918, cinco meses após o início de suas funções, pois a elevada demanda de atendimento aos enfermos fez com que a parte burocrática fosse deixada em segundo plano.

       E a idealização que começou com uma estrutura precária, algumas camas de ferro, uma sala de cirurgia, uma casa para o isolamento de doentes, e que se mantinha através de doações, cresceu, prosperou. E hoje, o Hospital São Vicente de Paulo é um das cinco maiores instituições de saúde no Rio Grande Do Sul, segundo estudo realizado pelo Jornal do Comércio e referendado pela Pesquisa QualiData, edição 20007.

       Para comprovar os benefícios e a qualidade na saúde que a instituição trouxe para Passo Fundo e região pode destacar-se que somente no ano de 2007 foram 29.262 internações – 70.64% foram para o Sistema Único de Saúde – onde a média do tempo de internação é de seis dias. Ainda, ressalta-se o investimento de oito milhões de reais em construção e reformas.

       Com características de alta, média e baixa complexidades, o Hospital abrange algumas áreas da medicina. São exemplos o Banco de Tecido Músculo Esquelético – único do interior do Estado –, o Centro de Captação de Órgãos, o Setor de Hemodinâmica e a CTI Neonatal, entre outros.

       O Hospital se destaca como uma empresa empreendedora e visa o crescimento e a interação com a comunidade regional. Um exemplo é a sua parceria com a Universidade de Passo Fundo, através da qual os universitários têm a oportunidade de realizarem os estágios de seus respectivos cursos na instituição, como é o caso dos cursos de Fisioterapia, Nutrição, Fonoaudiologia e Medicina.

       Com sua competência no atendimento à comunidade em geral, o Hospital São Vicente de Paulo torna-se um dos pontos de referência em saúde no país e no exterior, isso acaba trazendo benefícios para a cidade de Passo Fundo na forma de investimentos, desenvolvimento e crescimento sócio-econômico e cultural.

       Outro legado são os vários empregos que surgiram, direta ou indiretamente, a partir da criação da instituição, que atualmente tem a capacidade para comportar cerca 3.800 funcionários – uma informação relevante, pois chega a superar a quantidade de habitantes de alguns municípios do Rio Grande do Sul.
Por fim, em seus 90 anos de existência, o Hospital São Vicente de Paulo com seus avanços e conquistas acabou por contribuir para o crescimento de Passo Fundo e da região. Assim, fomentou o bem estar de muitas pessoas que de alguma forma se beneficiaram desta empresa que hoje serve de pontos de referência para a cidade que a sedia.


Daniel Ricardo Damiani
Acadêmica do Curso de História-UPF
Fonte: Acervo AHR
Imagem: HSVP - década de 1930; Foto Ávila



Para ler outros textos de MEMÓRIAS DO AHR... clique aqui

< Anterior   Próximo >