Memórias do AHR: Collor
25 de abril de 2011

Em Busca de Votos: Collor em Passo Fundo


       No ano de 1989 houve no Brasil a primeira eleição direta após o período militar de 1964-1985. Entre os 24 candidatos que concorreram à presidência somente Luís Inácio Lula da Silva do Partido dos trabalhadores (PT) e Fernando Collor de Mello do Partido da Reconstrução Nacional (PRN) obtiveram resultados para competirem no segundo turno eleitoral.

       Collor havia sido o mais votado no primeiro turno e a maioria de seus votos concentraram-se nas regiões nordeste e sudeste. Na segunda etapa o candidato resolveu investir em sua candidatura no Rio Grande do Sul, já que Leonel Brizolla do Partido Democrático Trabalhista (PDT), seu oponente no primeiro turno, havia ficado fora da disputa. Para tanto, o candidato do PRN fez uma série de visitas às cidades do estado a fim de aumentar seu eleitorado riograndense.

       Dentre as cidades visitadas por Fernando Collor estava Passo Fundo. No dia 30 de novembro, chegou ao município para promover sua candidatura de maneira próxima e direta. Na cidade Collor liderou uma carreata que se moveu por toda extensão da Avenida Brasil. Pouco depois iniciava um comício do candidato na Gare, onde havia um público de aproximadamente mil pessoas aguardando o discurso.

       Apesar de todo esquema de segurança envolvendo Collor e da aprovação de seu discurso pela maioria dos que ali estavam, houve alguns manifestantes que acabaram interferindo no comício. Os protestantes faziam uso de bandeiras contrárias, expressavam-se com palavras ofensivas e ainda jogaram ovos e tomates no candidato, conforme noticiaram os veículos de imprensa locais nas edições do dia seguinte.  Em meio a esta situação Collor não se deixou abater, finalizando seu discurso com a seguinte mensagem “Vamos mostrar que a democracia se faz com o voto e não com palavrões”, em referência a atitude dos protestantes.

       Apesar de ter vencido as eleições à presidência de 1989, Collor não teve uma boa votação na região sul. A disputa nesta região foi mais acirrada: Collor obteve 45,5% dos votos enquanto Lula teve 48,7%. Na cidade de Passo Fundo o candidato registrou apenas 19.094 votos, contra 58.093 de seu adversário Lula. A votação decisiva a favor do vencedor novamente deu-se nas regiões nordeste e sudeste.


Bárbara Tereza Massmann
Acadêmica do Curso de História da UPF
Fonte: Acervo AHR
Imagem: meramente ilustrativa



Para ler outros textos de MEMÓRIAS DO AHR... clique aqui


< Anterior   Próximo >